3.4.13

Cães e gatos

Está claro:
quem não gosta de gatos é moralista
tem inveja de liberdade
(mesmo que desconte tudo nos gatos
e leve vida social, leve...)
enxota a pontapés os vagabundos
irrita-se com seus próprios tropeções
raríssimos e patéticos
Esse tipo veste roupa de felino
e manifesta-se qual um rato
alimentando-se, sovina,
de sua vistosa e transgênica maçã
infestada por dentro de vermes invisíveis;

quem não gosta de cães é reacionário
escarnece dos coitados
suplicantes e lamentosos pela noite
Não gosta de trapalhadas
indiscretas e inocentes qual um bêbado
Sentencia implacável a violência
que roga, por Deus!, por Liberdade
(Liberdade Concedida só aos mendigos
vira-latas e orgulhosos comunistas --
porque todo mendigo é comunista)
É o tipo que é incapaz de ver
nos olhos da raiva um marejar solitário
É o tipo que ouve um lamento e pensa
"Otário"

Mas o que eu acho muito engraçado mesmo
eu que sou um bicho completamente louco
uma ameaça mesmo pra gente desprevenida
é que nas minhas tardes de bicho abominável
conheci muitos cães e gatos vadiando lado a lado
espreguiçando ridiculamente nas calçadas das Comunidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário