3.4.13

A construção da loucura

Serra, serra, serra
Bate, bate, bate
No sol o aço berra
e o martelo louco late

Berra, berra, berra
Late, late, late
Meu sono assim se ferra
no inferno sem disfarce!

Berra, inferno, berra!
Late, Sol, late...
Carrega o teu filho pro açoite

Mãe de feto em guerra
bate, berra, late!...
e reza pra ele de noite...

Nenhum comentário:

Postar um comentário